Ainda em Sampa

Infelizmente não foram muitos os "clicks" nas duas semanas que lá passei, apesar de se terem proporcionado mil e uma oportunidades...







No Conjunto Nacional (2.º andar).
Detalhe de um portão (o 61) algures na Vila Madalena.
Estação Sumaré, linha verde.

D. Henriquieta

Fui a Vila Madalena conhecer a Rita, e a Rita levou-me ao Brooklin Paulista para conhecer a D. Henriquieta e as suas bonitas lãs (fiadas e tingidas pela própria). Entre tantas cores e novelos fofinhos, foi difícil escolher as minhas preferidas...







... acho que a mais fofinha, era mesmo a D. Henriquieta.
(fotos by Rita da Costa Aguiar)

Ufa!



Um dia antes de partir para Sampa, chegaram ao Atelier os dois novos títulos do Planeta.
Sempre é uma grande excitação: "Será que está tudo bem?", "as cores", "o acabamento"... e bota toda a gente a correr para a entrada do prédio, sentar nas escadinhas e, entre as pilhas e pilhas de livros, folhear os primeiros exemplares.

"Ufa, tudo ok!"

E se...



Pensar que a viagem para São Paulo com escala em Madrid durou quase 25 horas, pensar no vai-e-vem pelos aeroportos, no cansaço e fome, pensar que dois cabos de alimentação do motor estavam partidos antes de descolarmos (decolarmos) de Lisboa e, pensar que eu ainda ando por cá... surgem muitos "e se(s)... e ufa(s)" pelo caminho.

Um muito obrigado aos companheiros e amizades que surgiram nesta aventura, pois sem eles, a viagem seria um verdadeiro pesadelo.

A foto foi tirada no Domingo, no quintal da casa dos meus pais.