Blue



Monsaraz

Já me perguntaram: "-És tu na foto?" ou "-Cortaste o cabelo?"
Era uma turista-estudante que também andava por Monsaraz. Tão bem disposta, sempre a sorrir... não resisti e acabei por fotografá-la (de costas, mas juro que ela estava a sorrir).
E continuo cabeluda.







Espaço encantador, ambiente familiar, bom comer e um encontro mais que inesperado...

Sem Fim







Portas, "pseudo-portas", portinhas... o Imaginarium de Vila Viçosa.







Lá, lá embaixo, os brancos fundem-se com os ocres, os encarnados e os azuis. O azul vem da porta da casa de banho, mas também do céu. Cheira a alfazema, alecrim, livros antigos...

Lá, os minutos continuam a ser minutos, como cá. Mas lá, o tempo parece parar... nada foi a correr nestes 3 dias. Com ou sem relógios, telemóveis e afins... o fim-de-semana passou sim, mas passou lentamente.

Monte da Fornalha

meia-meia



Ficou toda contente quando falamos, ontem de manhã. "-Já 66 mãe?" "-É filha. Cada ano, minuto, segundo, muito bem vividos..."

Rico lixo



Encontrei-o hoje... abandonado, a chamar por mim.





A caminho de Tróia.



Pombinha com ar de javali.



Quarta-feira foi dia de bom comer, falar, viver e descobrir...
Foto (e a bela varanda) de Maria Timóteo.

Bicycle Film Festival
Experimenta
Todos





Figos... adoro.







Domingo nas Caldas e arredores.







Remade, na Fundação EDP.

Festival Jazz.pt





Desde Abril deixei de ter TV em casa, e não tenho sentido falta... por enquanto, as prioridades são outras.

???