Um produto duplamente nacional: a matéria-prima (pinho português) e o artesão Tomás Viana.


A parede por trás da parede do antigo Convento da Trindade.


Os objetos mutantes de Fernando Brízio, até dia 27/11.





Por cima da Cervejaria Trindade num domingo ao fim do dia.





Foi há dois fins-de-semana atrás. Ainda estavam resquícios de uma festa-lançamento que decorreu na véspera.





Um sítio com alma.





As bonitas fotografias do Nuno e a música para fazer sonhos (e voos) do Ivo na Casa Verde, Almáa Hostel, em Sintra.